Entidades

 

 

 

O desenvolvimento da mediunidade nos espiritualiza

Muitos dizem que o desenvolvimento da mediunidade não nos espiritualiza, a não ser pelos próprios ensinamentos das entidades. Esse é um erro, pois as incorporações e o contato com as entidades nos modificam e espiritualizam não só pela transmissão de seus ensinamentos como pela absorção de suas vibrações. Vamos analisar:

  • Os Pretos Velhos representam a humildade

  • As Crianças representam a inocência

  • Os Caboclos de Ogum representam a força

  • Os Caboclos de Oxossi a força natural da cura

  • Os Caboclos de Xangô representam a justiça

  • Os Boiadeiros representam a liberdade

  • Os Ciganos representam a harmonia familiar

 

Embora existam outras linhas como exemplos bastam estas.

Quando o médium inicia o seu desenvolvimento, mesmo que não incorpore as entidades está sempre sob as suas vibrações, havendo uma permanente troca de energia. Vamos admitir que o médium seja prepotente. Com a troca de energia do Preto Velho, a humildade começa a tomar conta da vibração do médium. Então, ele já não mais é prepotente, mas é fraco. O contato com os caboclos de Ogum lhe dá força, e a fraqueza desaparece. Se ele é uma pessoa injusta, os Caboclos de Xangô lhes tornam mais justo. E assim acontece com a inocência, a cura, a liberdade e a harmonia na família, tudo de acordo com a vibração de cada entidade. Então se o médium se torna humilde, inocente, forte, saudável, justo, livre e com um lar harmonioso, com certeza ele será um médium de primeira grandeza e de grande importância para a prática da caridade.  Adiante estou descrevendo as entidades que trabalham comigo. Essas descrições são para dar a idéia do que falei acima.

 

Contato

Fraternidade Socorrista Mãe Iemanjá e Vovó Joaquina SMPW QD 5 Conjunto 6 Chácara 8 - Park Way / Brasília - DF

Ponto de referência: próximo à Águas Claras
Whatsapp (61) 98475-8580 contato@casavovojoaquina.com.br